Domingo, 21 de Janeiro de 2007

Pintura

A Pintura sempre me fascinou. Mais precisamente, a expressão estética que essa forma de Arte permite. Na adolescência tive o privilégio de contactar com a beleza plástica de quadros de autores pré-rafaelitas, e actualmente acompanho a polémica da arte dita clássica versus a arte dita moderna. Recomendo o excelente site da ARC http://www.artrenewal.org/index.html. Há dias, num dos canais da TV por cabo, vi um programa em inglês, documentando uma experiência: um conhecido entrevistador da TV britânica, desejando encomendar um retrato pintado de si próprio, foi posto - em simultâneo - perante três experientes artistas, para os quais durante horas posou. Esses conceituados pintores utilizavam técnicas muito diferentes, a saber: uma, era retratista do tipo clássico; um, era da escola do hiper-realismo "fotográfico" e outra, era seguidora das técnicas impressionistas. Pudemos acompanhar a par e passo o demorado trabalho dos três talentosos artistas, que, cada um à sua maneira, procuravam transpor para a tela a expressão que melhor traduzisse a personalidade do retratado. No final, as três obras foram expostas lado a lado, para escolha pelo próprio. Pudemos ver que duas delas apresentavam grande semelhança: o retrato clássico e o hiper-realista, aqueles que mais se identificavam com a imagem da personagem em causa. A outra obra era bem diferente: de tipo picassiano, nela tinham sido utilizadas cores fortes, numa composição contrastada, dando à expressão do retratado um certo esgar irónico e chocante. Pois ficámos, enquanto espectadores do programa, chocádos quando o aparentemente fleumático senhor - num dos quadros retratado em cenário bucólico de mansão inglesa num relvado para jogar criquet - escolheu precisamente essa estranha tela como a sua preferida, salientando ser a que melhor exprimia a sua maneira de estar no mundo. Julgo ter aprendido algo sobre a Arte. E mais um pouco sobre a Vida...
publicado por zé kahango às 21:53
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. de Luz

. SOLSTÍCIOS

. de novo no (meu) deserto ...

. A PEDRA

. regressado

. no âmago do espírito...

. Magnolia - um Grande Film...

. posto de observação

. similitude e diferença

. ESTRANHO (O) CORPO

.arquivos

. Julho 2010

. Junho 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Maio 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Outubro 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.links

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds